PRESIDENTE VENCESLAU: Vereador Bruno Dassie diz que sofre perseguição política e foi mal interpretado em fala sobre assentamentos

1291

Na noite desta segunda-feira, 27 de março, na sessão da Câmara Municipal de Presidente Venceslau, o Vereador Bruno Dassie (PV), negou que tenha feito qualquer tipo de ofensa as pessoas dos assentamentos da região, conforme foi divulgado em redes sociais e blogs da cidade.

Com o auditório lotado por agricultores dos assentamentos regionais, em decorrência de sua fala na última sessão do dia 20 de março, “Em alguns casos, não dá uma semana, a gente vê alguns trocando as terras por carro, trocando por ‘galinha’, produzir que é bom é quase nada”, afirmou o vereador.

Durante esta sessão, Dassie reforçou que falou de maneira metáforica e que jamais teve a intenção de ofender ninguém, pois reconhece o valor de cada produtor e que tem respeito por cada um deles. “Trata-se de uma perseguição política. Pegaram um pedaço do aúdio aonde interessava, porque eles querem dinheiro público”, justificou.

O vereador do PV salientou ainda, que é favorável a titularização das terras, pois será para própria segurança de cada um dos agricultores no futuro, e que é contra as invasões de terras, e que, seu requerimento enviado ao diretor do ITESP, Guilherme Piai, solicita a celeridade na questão da regularização fundiária na região.

Apoio:


Lino de Macedo representante do MAST (Movimento dos Agricultores Sem Terra) esteve presente na sessão juntamente com vários assentados. Em entrevista ao Diário de Prudente, disse que a manifestação foi pressionada, pois fazendeiros do agronegócio estavam presentes.

“O agronegócio busca comodidade e exportação, mas devagar o povo esta retornando a agricultura familiar, essa que é a que produz para mesa. As terras que eram públicas foram invadidas por grilheiros, toda ação uma reação. Povo se organizou através dos movimentos sociais e a justiça acaba levantando as fazendas e vê que o povo tem razão, se é pública não é só de um, mas sim do povo”, comentou Lino.

Após os esclarecimentos do vereador na sessão, o militante Lino ainda disse que Dassie falou muito bem, mas que deveria ter pedido desculpas e ser mais humilde.

Plenário da Câmara de Vereadores de Presidente Venceslau, em 27 de março. | Foto: Rosângela Martins
COMENTÁRIOS