Policiais Civis prendem traficantes com carga de 161 Kg maconha

102
Durante esta terça-feira, 14 demarço, o setor de investigação da 2ª DISE-DEIC 8 – Presidente Prudente, recebeu informações e a solicitação de apoio da Delegacia do Município de Itapira, na região de Campinas, a qual informou que alguns veículos estariam vindo do estado do Mato Grosso do Sul, com carregamento de drogas.
Iniciados os trabalhos investigativos, foi possível identificar que a carga contaria com outros veículos “batedores” (responsáveis por verificar a presença de viaturas policias nas estradas).
Após a identificação dos veículos envolvidos no carregamento e com o apoio da Polícia Militar Rodoviária foi feita a abordagem na cidade de Presidente Venceslau, de um veícul com três indivíduos, sendo dois homens e uma mulher. Indagados sobre o motivo da viagem e onde estariam vindo, confirmaram que estavam vindo do Estado do Mato Grosso do Sul, porém deram informações desencontradas sobre o motivo desta viagem, porém, alegaram que outro veiculo que estaria junto com eles, estaria trazendo bebidas.
Os policiais civis então conseguiram identificar os dois outros indivíduos que estariam na cidade de Presidente Epitácio hospedados em um hotel. Após identificarem o hotel, visualizaram os dois homens e realizaram a abordagem em via pública. Os dois indivíduos, confessaram que realmente estavam com os indivíduos abordados anteriormente, e que estavam transportando entorpecentes.
Eles alegaram que após fugirem de uma abordagem no estado do Mato Grosso do Sul, resolveram por adentrarem num canavial e deixar o veículo, até que pudessem seguir, então se hospedaram na cidade de Presidente Epitácio.
Os traficantes colaboraram com as investigações e indicando aos policiais a localização precisa do local de ocultação. Os policiais do Estado do Mato Grosso do Sul, após serem acionados pela equipe da 2ª DISE-DEIC 8 de Presidente Prudente, localizaram o veículo, bem como os entorpecentes, sendo encontrados 161 tijolos de erva ressequida com odor de maconha, que revelaram peso de 163 quilos de droga maconha.
Os indivíduos confessaram que ganhariam cinco mil reais pelo transporte da droga. Foi dado voz de prisão, permanecendo a disposição da justiça.
COMENTÁRIOS