ILUMINAÇÃO: Nova empresa diz que sistema mostrará em tempo real quais postes estão sem luz

318

Sai a empresa Ilumina entra a Stylux, para administrar a iluminação pública de Presidente Prudente. Serão mais 42 mil pontos que serão substituidos, o que vai levar a cidade a ter a maioria de seus pontos de iluminação com lampadas LED.

Um dia após a publicação da assinatura do contrato entre a prefeitura e a nova empresa gestora da iluminação pública da cidade, a Stylux, ocorreu nesta quinta-feira, 02 de março, uma reunião entre a diretoria da prestadora de serviços, a equipe da Secretaria Municipal de Obras e representantes da Energisa. O prefeito Ed Thomas e o vice, Izaque Silva, também participaram.

No encontro, o diretor operacional da empresa, Renato Rodrigues, apresentou em detalhes o planejamento de manutenção e modernização do sistema, que tornará Prudente uma “cidade inteligente” no que diz respeito à eficiência da iluminação pública.

Responsável pelo serviço nas cidades paulistas de Assis, Bastos e Vera Cruz, além de outras do país, a Stylux será responsável pela troca dos 42 mil pontos de iluminação pública do município por luminárias inteligentes de Led, ao implantar um sistema georreferenciado e que permite o monitoramento em tempo real das condições de cada poste.

Apoio:


Além disso, serão substituídos todos os relés fotoelétricos, que são os dispositivos responsáveis por comandar o acionamento automático das lâmpadas. “Vamos implantar em Prudente um sistema de alta performance e idealizado de acordo com as características da cidade, da temperatura média, dos índices pluviométricos, enfim, executar um projeto que atenda às reais necessidades dos cidadãos”, declarou Renato.

Presente à reunião, o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Matheus Grosso, informou que o projeto de reordenação luminotécnica vem sendo construído pela equipe da Sosp há pelo menos um ano, com visitas a outras cidades que passaram pelo mesmo processo para encontrar o modelo que melhor se adequasse a Prudente.

“Após a emissão da ordem de serviços, os trabalhos da nova prestadora vão se dividir em duas frentes, uma apenas para atendimento das demandas em aberto e que precisam de solução imediata, enquanto outras equipes darão início à execução do plano de modernização de todo o parque de iluminação”, declara.

O contrato com a Stylux tem duração de 60 meses e o pagamento só será iniciado após a emissão da ordem de serviços, mediante comprovação do serviço realizado.

Vistoria nas luminárias

Ainda nesta semana, a equipe técnica da Secretaria de Obras, liderada pelo secretário Matheus Grosso, vistoriou os sete tipos de luminárias de Led que serão instaladas no município com a modernização do serviço de iluminação pública. Todos os aparelhos atendem aos requisitos previstos no edital e no contrato, em relação às características técnicas, eficiência e economia pretendida. Cabe ressaltar que a troca terá início após a emissão da ordem de serviço.

COMENTÁRIOS