Ajudante de pedreiro trocava serviços por droga em “biqueira” de Pirapozinho

160

Após uma série de denúncias anônimas, e inclusive com pedidos de familiares desesperados com o fornecimento de drogas aos seus filhos, o Setor de Investigações Gerais (SIG) da Delegacia de Polícia de Pirapozinho, durante trabalho de investigação, tomou conhecimento de que uma associação criminosa composta por dois homens, um de 33 anos e outro de 27 anos, ambos com passagem pela polícia, estariam agindo em Pirapozinho.

A Polícia Civil após campana e investigação fizeram flagrante de venda de drogas, onde encontraram porções de crack já fracionadas e prontas para venda, além de pedra ainda bruta da mesma substancia entorpecente.

Ainda foram aprendidos pouco mais de R$ 100,00 e três aparelhos celulares, que eram usados para a venda de drogas.

Os indiciados confessam a propriedade da substância ilícita. Outras pessoas, supostamente usuários, foram detidos pelos policiais civis para serem ouvidos como testemunhas.

AJUDANTE DE PEDREIRO

Um fato chamou a atenção dos policiais, pois um dos usuários trocava seu serviço como ajudante de pedreiro, por “crack”, fornecido pelos traficantes como forma de pagamento.

Segundo o Delegado de Polícia, responsável pela investigação, Dr. Rafael Guerreiro Galvão, por se tratar de crime equiparado a hediondo, não foi arbitrada a fiança aos indivíduos, que permanecem à disposição da Justiça e irão a audiência de custódia.

A Polícia Civil informou que continuará as investigações para identificar os fornecedores da “biqueira”.

:::.............. COMENTÁRIOS ..............:::