Intepp elege nova diretoria e o foco é a demanda de inovação

44
João Cezário e Fernanda Bagli – por Homero Ferreira

Com a eleição para renovação de diretoria, o novo presidente da Incubadora Tecnológica de Presidente Prudente (Intepp), o professor João Cezario Giglio Marques, anuncia foco na demanda de inovação. A proposta é visitar os representantes do ecossistema regional do empreendedorismo, para saber quais são as demandas de inovação.

Também faz parte das diretrizes o fomento ao ensino, pesquisa e extensão, com direcionamento ao empreendedorismo; participação em mentorias e bancas de avaliação de planos de negócios. O mandato de cada diretoria é de dois anos, renovável por mais dois. A eleição ocorreu na semana passada, com posse imediata e o até então-presidente, professor Dione Jonathan Ferrari, agora é vice-presidente.

Composição da diretoria

João Cezario e Dione Ferrari representam a Faculdade de Informática de Presidente Prudente (Fipp). O 1º tesoureiro Emerson Silas Doria e o membro do conselho fiscal Haroldo Cesar Alessi representam a Unoeste Informática Junior (Uninfo Jr). O 2º tesoureiro Ricardo Anderson Ribeiro representa a Associação Comercial e Empresarial de Presidente Prudente (Acipp).

O 1º secretário Nilmaer Souza Silva e o conselheiro fiscal Moacir Del Trejo representam a Associação Prudentina de Educação e Cultura (Apec), mantenedora da Unoeste. O 2ª secretário Paulo de Oliveira Carmargo representa a Faculdade de Ciência e Tecnologia, campus da Unesp (FCT-Unesp). A conselheira Ana Paula Setti representa a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico de Presidente Prudente (Sedepp); o braço da Prefeitura para esse setor.

Treinamento de alto nível

O suporte ao trabalho da diretoria no dia a dia da Intepp é da gerente Fernanda Bagli. O novo presidente tem histórico na Fipp desde que foi proposto o programa de empreendedorismo para os cursos de bacharelado, no final dos anos 1990. Incumbido desenvolver o programa, João Cezario teve como mentor o criador do software MakeMoney, o professor Fernando Dolabela.

O MakeMoney é um dos mais longevos softwares de elaboração de plano de negócio, estudo de viabilidade e inovação do mundo. Cinco anos após o treinamento com Dolabela, em 2004, João Cezario esteve envolvido na criação e instalação da Intepp, junto à Apec/Unoeste, FCT/Unesp, Acipp, Prefeitura e Uninfo-Jr, aos quais, ao longo do caminho, se juntaram outros parceiros.

Formação, titulação e prática

Como voluntário, João Cezario sempre esteve presente na Intepp, participando de treinamentos, mentorias e bancas de avaliação de projetos. Sua formação inicial no ensino superior foi em Administração Pública, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), em 1976.  Depois obteve, dentre outras, as titulações de MBA em Gestão Empresarial e Empreendedorismo; Especialização em Administração Estratégica; e Mestrado em Educação, na Unoeste.

Sua experiência prática perpassa por as todas as áreas de Administração, responsável pelas disciplinas de Administração e gestão estratégica e Organização, Sistemas e Métodos, Marketing, Empreendedorismo, Teoria Geral dos Sistemas, Economia e Administração Rural; nas instituições de ensino superior onde leciona: Unoeste e Toledo. Ultimamente na Intepp vinha atuando como membro da coordenadoria técnica na avaliação de empreendimentos; além de ser consultor e exercer outras atividades.

Produção de novos resultados

Dione Ferrari esteve por quatro anos na presidência da Intepp. O primeiro mandato foi de 2018 a 2020; releeito para 2021 e 2022, com o mandato concluído em agosto.  Durante o período houve trocas na gerência e o grande impacto foi a pandemia do coronavírus, com os períodos de isolamento social e os projetos tocados remotamente. Mesmo assim, o ex-presidente entende que a evolução foi muito grande, tanto nas parcerias quanto na preparação para certificação.

“A Intepp está começando um processo de certificação Cerne [Centro de Referência de Apoio para Novos Empreendimentos]. Estamos passando por uma fase de consultorias, de graduação de empresas incubadas no novo modelo Cerne nível 1; e de investimento em melhorias físicas com aporte significativo do governo paulistas. Neste ano de 2002, com a entrada da nova gerente, a Fermanda Bagli, a Intepp vive um período de ascensão, com novas perspectivas e novos incubados”.

Conforme o ex-presidente e atual vice-presidente; este ano está sendo de retomada, o que ocorre dentro do ambiente do ecossistema do empreendedorismo que existe agora na região. “Hoje, os parceiros estão falando todos a mesma língua: o Sebrae, instituições de ensino, a Fundação Inova, Acipp e a Prefeitura… Todos com o mesmo objetivo que é algo que nunca teve anteriormente. A vinda do Cezário como novo presidente, foi escolha excelente e vem com pensamentos diferentes, para produzir novos resultados e continuar o trabalho em equipe”, comenta Dione.

:::.............. COMENTÁRIOS ..............:::