Quais as características que herdamos de nossa mãe e de nosso pai

18

Herdamos dois conjuntos de genes: um da nossa mãe e outro do nosso pai. A distribuição é bastante equilibrada, mas há uma diferença muito pequena entre homens e mulheres.

As mulheres herdam 50% de seu DNA de suas mães e os outros 50% de seus pais. Já os homens herdam cerca de 51% da mãe e 49% do pai.

Agora, vamos analisar algumas das características que homens e mulheres podem herdar de cada um de seus pais, começando pela mãe.

Características da mãe

Apoio:


As doenças hereditárias crônicas são transmitidas às crianças quando o DNA mitocondrial é defeituoso ou mutações. Embora muitos desses distúrbios apareçam no nascimento, eles também podem se desenvolver mais tarde na vida e afetar praticamente qualquer parte do corpo humano.

Estima-se que cerca de 1 em cada 5.000 pessoas tenha um distúrbio mitocondrial hereditário. Alguns exemplos incluem síndrome de Leigh, encefalopatia mitocondrial, acidose láctica e episódios semelhantes a acidente vascular cerebral (MELAS).

Tanto a estrutura ocular quanto a visão são herdadas das mães. A miopia patológica é uma das condições oculares comuns que podem ser transmitidas através dos genes. O daltonismo também é uma característica herdada das mães. Os homens são particularmente afetados.

Existem algumas características físicas pelas quais você pode agradecer (ou culpar) sua mãe. Estes incluem a cor e textura do cabelo, bem como a linha do cabelo, mas o pai também tem um papel importante na cor e na textura.

Além do cabelo, sua pele e até as varizes, também podem ser herdadas da mãe. As mulheres podem herdar de suas mães o momento em que começam a menstruar e quando entram na menopausa.

Embora a posição socioeconômica e a educação tenham um efeito sobre o QI, estudos conduzidos pela Unidade de Ciências Sociais e de Saúde Pública do Conselho de Pesquisa Médica de Glasgow descobriram que o melhor preditor da inteligência de uma pessoa era o QI de sua mãe.

A pesquisa descobriu que as mães passam seus padrões de sono para seus filhos. Os filhos de mães que sofrem de insônia tendem a demorar mais para adormecer. Embora haja uma falta de pesquisas em humanos para confirmar essa teoria, estudos em animais sugerem que o DNA das mitocôndrias (que só pode ser herdado das mães) pode ter um impacto na taxa de envelhecimento.

Outro estudo, no entanto, descobriu que fatores ambientais, como exposição solar, tabagismo, etc, podem causar danos ao DNA mitocondrial, que então são herdados pela criança e podem influenciar características como rugas e cabelos grisalhos.

Nossa capacidade de ganhar ou perder peso pode ser herdada de nossas mães. É claro que a genética desempenha um papel pequeno quando comparada às escolhas de estilo de vida.

Os filhos de mães que têm baixos níveis de serotonina são mais propensos a desenvolver transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) mais tarde na vida. Isso ocorre porque os genes que regulam a produção de serotonina são transmitidos aos filhos e estes parecem ter um impacto na capacidade de foco.

O sistema límbico (que inclui a amígdala, hipocampo, córtex cingulado anterior e córtex pré-frontal ventromedial) é responsável pela regulação das emoções e tem impacto em distúrbios como a depressão. A estrutura do sistema límbico da mãe é mais provável de ser transmitida para as filhas do que para os filhos.

As mães também podem transmitir os genes que afetam o temperamento de uma criança. Um estudo alemão concluiu: “Indivíduos que carregam um tipo específico de alelo, ou forma alternativa de um gene, são muito mais propensos a ficar com raiva do que aqueles sem esse alelo”.

Sim, genes esportivos existem. Nosso genoma mitocondrial é herdado de nossas mães. O DNA mitocondrial desempenha um papel em como o corpo usa o oxigênio das células durante o exercício.

Um estudo de 2005 descobriu que “a capacidade de uma mãe para se exercitar sozinha pode prever melhor a capacidade de uma criança, do que quando o pai é levado em conta”.

Características dos pais

Agora, vamos dar uma olhada em alguns exemplos de traços que são passados pelos pais.

Ambos os genes de altura dos pais são passados para uma criança, mas os genes IGF do pai têm uma influência maior na estimulação do crescimento e, portanto, na altura.

De dentes tortos a cáries, você pode culpar os genes de seu pai por isso. Este é geralmente o caso quando o pai tem a saúde dentária deficiente.

Os pais determinam essencialmente o gênero da criança, que é definido pelos cromossomos X e Y: XX para as mulheres e XY para os homens.

Todo óvulo tem um cromossomo X e, dependendo do cromossomo do espermatozoide do pai (X ou Y), o embrião se desenvolverá em menino ou menina.

Os homens obtêm seu cromossomo Y de seus pais, então isso significa que os distúrbios ligados a esse cromossomo são herdados dos pais. Estes incluem sindactilia (dedos grudados) e hipertricose auricular (pelos mais longos, grossos e abundantes do que o normal nas orelhas).

Temos dois tipos de gordura em nossos corpos: marrom e branca. A gordura marrom é geralmente usada para quebrar a glicose e é herdada das mães.

O armazenamento de gordura branca, por outro lado, é principalmente herdado do pai. Esse tipo de gordura é usado para energia, mas pode se acumular e causar problemas de saúde, como doenças cardíacas e obesidade.

Fonte: Reader’s Digest

 

COMENTÁRIOS