Polícia fecha fábrica clandestina e idoso é preso por vender queijo estragado em Ouro Verde

44

A Polícia Militar fechou uma fábrica clandestina de queijo e prendeu o proprietário, de 62 anos, na noite desta segunda-feira (13), em Ouro Verde.

A equipe chegou ao endereço após denúncia de que a fábrica vendia queijos estragados e não tinha condições mínimas de higiene.

Os militares constataram a veracidade da denúncia. No local, foram encontradas mais de cinco toneladas do produto, que foram apreendidas.

O dono da fábrica informou que os queijos, após curtidos, eram ralados e vendidos ao comércio.

O idoso foi preso por crime contra a economia popular.

Fonte: Portal Bueno

:::.............. COMENTÁRIOS ..............:::