Governadores assinam protocolo de formalização do maior consórcio de estados do Brasil

68

A 8° edição do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud) foi sede da assinatura de um protocolo de formalização do grupo que reúne os sete estados das regiões. O Cosud foi realizado nos dias 2 e 3 de junho, em Belo Horizonte, e reuniu, além dos governadores, secretários e assessores técnicos de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Uma vez formalizado, o Cosud será o maior consórcio de estados do Brasil, já que representam, juntos, 55% da população do país e 80% da arrecadação federal.

Um documento foi assinado por Romeu Zema (MG), Tarcísio de Freitas (SP), Claudio Castro (RJ), Renato Casagrande (ES), Ratinho Júnior (PR), Eduardo Leite (RS) e Jorginho Melo (SC). Na Carta de Belo Horizonte, os governadores renovaram o compromisso de atuação de forma conjunta e cooperativa, em defesa da liberdade, da geração de emprego e renda, além da responsabilidade fiscal. A carta também reitera o pedido de formalização do consórcio, solicitando aos presidentes das Assembleias Legislativas estaduais que a medida seja aprovada rapidamente. O governador Ratinho Júnior foi escolhido como coordenador do grupo do primeiro mandato.

Os secretários e assessores de turismo e cultura reuniram as propostas em dois pilares baseados na tecnologia. A criação de um observatório para as políticas de cultura para os estados reunidos no Cosud é um deles. O outro é um centro de inteligência do turismo, que vai permitir o acesso de indicadores precisos e soluções para os desafios comuns enfrentados pelos destinos. O secretário de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo, Roberto de Lucena, considerou o encontro decisivo para o crescimento do setor. “A criação do observatório será fundamental para a atividade nas regiões Sul e Sudeste. Neste quesito, nós, de São Paulo, temos muito a contribuir através do trabalho consolidado do Centro de Inteligência da Economia do Turismo (Ciet), da Setur-SP”, disse o secretário.


Compartilhamento de dados

Apoio:


Os governadores tomaram conhecimento de projetos dos 12 grupos de trabalhos (GTs) formados por secretários e técnicos de todas as pastas. O conceito comum a todas as apresentações foi o compartilhamento de dados para melhoria de serviços, transformação digital e otimização de recursos.

Propostas para problemas atuais como vulnerabilidade social, efeitos climáticos, desmatamento e reforma tributária também foram apresentadas aos sete governadores. Chamou atenção o destaque dado pelo GT de segurança pública para a criação de um programa de controle e combate à violência; em especial, ao assédio sexual no ambiente escolar.

Próxima edição

Noventa dias é o prazo para que os estados avancem nas propostas, pois é quando acontece a próxima edição do Cosud, desta vez na capital paulista. O governador Tarcísio de Freitas aproveitou, em sua fala, para convidar a todos para a última reunião do grupo em 2023. ”Esta, sem dúvida foi a mais importante edição do Cosud, porque formaliza o protagonismo político do grupo. Nos encontraremos mais fortes em São Paulo, no próximo semestre”, avaliou o governador Tarcísio de Freitas.

COMENTÁRIOS