Galeria Takeo Sawada recebe “Poéticas Múltiplas” do artista Caio de Paula

120

A Galeria Takeo Sawada, no Centro Cultural Matarazzo, a partir desta quinta-feira, 9 de março, às 20h, recebe a exposição ‘Poéticas Múltiplas’, individual retrospectiva do artista Caio de Paula. A exposição passa por diferentes períodos da produção e vida do artista, que produz entre Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Tupã, Balneário Camburiú/SC, São Paulo e Londres desde 1977.

O artista levanta questões e reflete sobre diferentes temáticas que atravessaram seu caminho – muitas das quais extremamente atuais. A exposição também traz um forte caráter educativo, objetivando introduzir o público às possibilidades da arte contemporânea por meio das diferentes mídias utilizadas pelo artista para se expressar ao longo de sua vida.

Com curadoria de Vinícius Massimino, Mariluci Campos El Hage e Márcia Nicolau Pereira, as obras selecionadas incluem produções de diferentes períodos da vida do artista e destacam como elas se relacionam intimamente com assuntos locais e momentos pelos quais de Paula passou. A seleção curatorial demonstra, assim, não só a multiplicidade poética e formal nos trabalhos do artista, mas também as várias potências da arte contemporânea.

As obras ficarão no espaço Takeo Sawada até 30 de abril de 2023, localizado na Rua Quintino Bocaiúva, 749, Centro Cultural Matarazzo, em Presidente Prudente. A visitação é segunda a sábado, das 8h30 às 22h e nos domingos e feriados, das 16h às 22h.

Apoio:


Caio de Paula

Nascido em 1963 em Presidente Epitácio, Caio de Paula é formado em arquitetura e urbanismo pela FAU-Tupã, atual FAU-UNIMAR. É especialista em artes visuais pelo CIEC – Centro Interuniversitário de Estudos da Criatividade, em parceria com o campus avançado da UNESP de Pres. Epitácio/SP, e especialista em docência do ensino superior pelo ISEP, Guaratuba/PR.

É ator e diretor profissional e Cromo-terapeuta pelo SENAC de Pres. Prudente. Como docente, atuou por sete anos na UNIESP, na Faculdade de Artes Visuais e por três anos na Faculdade de Engenharia Civil e ministrou oficinas de artes visuais e teatro por mais de trinta anos, em parceria com instituições como a Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, a Diretoria Cultural Timochenko Wehbi de Pres. Prudente, a Secretaria de Cultura de Pres. Epitácio e o Centro de Aprendizagem de Presidente Epitácio.

Participou de mais de vinte exposições individuais e coletivas ao longo de sua vida, em instituições como o Memorial da América Latina, em São Paulo/SP, a Galeria Júlio Prestes, também em São Paulo/SP, a Counbery Gallery, em Londres, na Inglaterra, entre outras.

COMENTÁRIOS