Rotary Club PP Sul repõe brinquedos em seis brinquedotecas de Prudente

4

O Rotary Club Presidente Prudente Sul subsidiou a quantia de R$15 mil para a reposição de novos brinquedos em seis brinquedotecas de instituições de ensino e entidades prudentinas. A ação, parceria com a Pirlimpimpim, aconteceu no último sábado, 11 de dezembro, na nova sede da loja.

As entidades beneficiadas foram: Núcleo Tterê, Casa da Criança – Projeto Social Casa São José, Unipode, Creche Anita Ferreira Braga, E.M. Padre Emílio Becker e E.M. Ettore Marangoni. Respectivamente, são patronadas pelos rotarianos Abrão Karter, Levy Mário Celestino, Tomio Aoki, Dauto de Oliveira Campos e Osmar Jesus Di Colla, e pela proprietária da Pirlimpimpim, Sirlei Pecci Canisares.

O presidente do club, Ricardo Nakaya, ressaltou que por conta da pandemia, por dois anos seguidos não foi possível fazer a reposição nas instituições. “Temos a missão de repor os brinquedos para levar alegria e inclusão a todos assistidos”, disse. Conforme o coordenador de projetos, Rogério Mescolote, cada entidade recebeu o valor de R$2.500 para a escolha de brinquedos conforme a atual necessidade de substituição.

Segundo a gerente da Pirlimpimpim, Rayssa Lima da Costa, os brinquedos foram escolhidos pelos representantes de cada entidade, respeitando a faixa etária e necessidades especiais. Em nome de Sirlei, ela salientou que brinquedos têm um importante papel no desenvolvimento motor e intelectual das crinças, intuito o qual é compartilhado há mais de 15 anos.

Em 2014, o RCPP Sul agraciou a E.M. Padre Emílio Becker; conforme a diretora, Leila Maria Piccolo Alves da Silva, desde então, a brinquedoteca é instituída como espaço de jogos e brinquedos, que contribuem com o desenvolvimento cognitivo dos alunos.

A vice-presidente do Núcleo Ttere, Helena Caldas Junqueira, destacou que a entidade atende a “díade”, termo médico o qual determina a fusão mãe-bebê, que se desorganizada, pode trazer consequências emocionais cognitivas e motoras. “Com a brinquedoteca, ensinamos a mãe a brincar com o bebê, estimulando a independência da criança”, explicou. O Núcleo atende público diverso, de zero a 60 anos.

A brinquedoteca entregue mais recente foi na E.M. Ettore Marangoni. Segundo a diretora Sheila Pereira Rodolfo Medeiros, a instituição comporta 280 crianças do berçário ao 5º ano, sendo 150 só na educação infantil.

“Quando os brinquedos são centralizados em um único espaço, a criança tem a oportunidade de escolher, tornando o lúdico ainda mais funcional”, pontuou

:::.............. COMENTÁRIOS ..............:::