Polícia Civil prende piloto que transportava 400 kg de crack em Teodoro Sampaio

356
A Polícia Civil do Estado de São Paulo, através da 1ª DIG/DEIC-8 e do Grupo de Operações Especiais – GOE/DEIC-8, prendeu no início da noite de hoje (13/09) o piloto de avião suspeito de transportar mais de quatrocentos quilos de crack em uma aeronave agrícola.
A apreensão da droga se deu no dia 18/04 deste ano, quando um avião pousou em uma pista rural localizada na cidade de Teodoro Sampaio/SP, sendo interceptado pela Polícia Civil que vigiava o local. Na ocasião, um suspeito foi detido e outros três conseguiram fugir em meio à plantação. Naquele dia o avião também foi apreendido.
Após investigações, a Polícia Civil identificou os outros três suspeitos e representou por suas prisões preventivas, o que foi deferido pelo Poder Judiciário.
Os quatro suspeitos foram indiciados pela Polícia Civil pela prática dos crimes de tráfico de drogas interestadual e associação para o tráfico, mas apenas um deles seguia preso, enquanto os demais estavam foragidos da Justiça, inclusive, o piloto da aeronave.
Os quatro homens foram denunciados pelo Ministério Público e tornados réus.
Mesmo com o processo em curso, a Polícia Civil seguiu realizando diligências visando a localização dos demais suspeitos para que fossem presos.
Após investigações e a realização de trabalho de inteligência, a Polícia Civil localizou e prendeu o piloto, um homem de 44 anos.
A prisão se deu na cidade de Curitiba/PR, enquanto o piloto deixava um escritório de advocacia, onde participou virtualmente da audiência relacionada ao processo do qual estava foragido.
A prisão foi cumprida em conjunto com Policiais Civis do Denarc de Curitiba/PR, que prestou apoio à operação.
:::.............. COMENTÁRIOS ..............:::