Campanha do Gepac arrecadação 25,69% maior do que ano anterior

28

Conforme os dados apresentados pela presidente do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Presidente Prudente), Luzia Fabiana Sales Macedo, a primeira fase da campanha do Gepac (Grupo de Empresários e Profissionais Amigos da Criança) garantiu a arrecadação de R$ R$ 1.896.379,48 às entidades assistidas, que representa um aumento de 25,69% em relação ao ano anterior, que foi de R$ 1.508.710.01.

Houve também um aumento expressivo na destinação indicada por pessoas jurídicas, de 64,15%, passando de R$ 831.363,08 para R$ 1.364.746,80, que representa R$ 533.383,00 a mais.

De acordo com a presidente do CMDCA, a campanha tem sido consolidada conforme as ações e é justificada pelo esforço em conjunto, pela transparência e pela credibilidade.

“Podemos afirmar que é uma soma de diversos fatores, como transparência nas ações e prestação de contas. É necessário mostrar às pessoas como o recurso tem sido empregado, principalmente quando se desenvolve uma campanha como essa”.

Apoio:


Assim como no ano passado, a campanha de 2023 traz como madrinha a atleta do UFC Ariane Sorriso, que cedeu o direito de imagem sem custo para o projeto.

2ª etapa da campanha

A segunda etapa é focada nas pessoas físicas, que iniciarão em breve suas declarações do IR. Neste tipo de destinação, houve uma ligeira redução no comparativo entre os anos, de R$ 677.346,93 para R$ 531.632,68. Em relação ao potencial de arrecadação do município, Fabiana cita que, conforme a Receita Federal, é possível arrecadar mais. “Então, digamos que estamos aquém daquilo que podemos. Mas ainda temos a segunda etapa com o período de arrecadação do IR. E é quando focamos na pessoa física e podemos fazer um comparativo da diminuição citada no início”, salienta a presidente do conselho.

2.400 crianças beneficiadas

Esse recurso é destinado especificamente a 14 entidades, que são inscritas e registradas no CMDCA e participaram dos editais de chamamento público realizado tanto em 2022 quanto nos anos anteriores. “Entidades que trabalham com crianças e adolescentes, e nos diversos segmentos, como com deficiências, acolhimento, serviços de convivência… Atendemos um número bem grande de crianças com outros recursos, mas especificamente com o do FMDCA são mais 2,4 mil no município”, enfatiza a presidente do conselho.

Números

Total de arrecadação em 2022: R$ 1.896.379,48

Pessoa Física: R$ 531.632,68

Pessoa Jurídica: R$ 1.364.746,80

 

Total de arrecadação em 2021: R$ 1.508.710.01

Pessoa Física: R$ 677.346,93

Pessoa Jurídica: R$ 831.363,08

 

Entidades

 

– Afipp (Associação de Apoio ao Fissurado Lábio Palatal e Deficiente Auditivo de Presidente Prudente)

– Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Presidente Prudente

– Apiv (Associação Prudentina de Incentivo à Vida)

– Associação Filantrópica de Proteção aos Cegos

– Associação Bethel – Projeto Mão Amiga

– CAC (Casa do Aprendiz Cidadão)

– Casa da Criança e Centro Social São José

– Casa da Sopa Francisco de Assis

– Centro Educacional Infantil Walter Figueiredo

– Lúmen Et Fides – Associação de Desenvolvimento de Crianças Limitadas

– SOS (Serviços de Obras Sociais) de Presidente Prudente

– Sociedade Civil Beneficente Lar Santa Filomena

– Sociedade Civil Lar dos Meninos

– Núcleo Ttere de Trabalho – Realização

 

Fonte: Secretaria de Comunicação

COMENTÁRIOS