Vigilância Epidemiológica amplia público-alvo da vacinação contra Covid-19

228

A Prefeitura de Presidente Prudente, por meio da Vigilância Epidemiológica Municipal (VEM) vai ampliar a vacinação contra a Covid-19 a partir da próxima segunda-feira (08). Além da vacinação dos idosos acima de 90 anos, que ocorrerá nos 25 postos de vacinação da cidade, poderão ser imunizados os profissionais que trabalham em estabelecimentos da área da saúde, como em clínicas particulares, laboratórios, consultórios, farmácias e hospitais veterinários.

A imunização desses grupos seguirá um cronograma pré-definido pela VEM, com base nas orientações recebidas do governo estadual e do governo federal. No entanto, o órgão alerta que este roteiro será seguido enquanto houver disponibilidade de doses.

A vacinação ocorrerá no Centro Municipal de Especialidades – Ambulatório Ana Cardoso Maia de Oliveira Lima -, em frente ao Pronto Socorro do Hospital Regional, de segunda a sexta, das 8h às 16h.

Cada categoria terá um dia específico para se vacinar, conforme esquema abaixo. É indispensável que o profissional de saúde leve a carteira do conselho de classe vigente, comprovando que pertence àquela categoria. Para os profissionais de apoio, é exigido o hollerith e o crachá para comprovar o vínculo empregatício com algum estabelecimento de saúde.

Confira abaixo o cronograma de vacinação previsto (conforme disponibilidade de doses):

– 08/02 a 10/02: enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, médicos e doulas

– 11/02 a 12/02 – fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos

– 15/02 a 17/02 – farmacêuticos, balconistas e técnicos de farmácia

– 18/02 a 19/02 – nutricionistas, biólogos, psicólogos, assistentes sociais e biomédicos

– 22/02 a 24/02 – médicos veterinários, trabalhadores de higiene e limpeza

– 25/02 a 26/02 – secretárias, recepcionistas e seguranças

– 01/03 a 05/03 – administrativo

 

A diretora da Vigilância Epidemiológica, Vânia Maria Alves, reforça que apenas profissionais ativos em estabelecimentos de saúde estão enquadrados neste cronograma. A princípio, não é possível precisar quantas doses estarão disponíveis para estes públicos, uma vez que ainda estão sendo vacinados os profissionais da linha de frente e moradores de instituições de longa permanência.

“Reservamos 1.300 doses para os idosos acima de 90 anos, que são suficientes para atender a todo o público-alvo. As vacinas restantes serão ofertadas a estes profissionais de serviços de saúde”, pontuou Vânia.

 

Fonte: Secretaria de Comunicação

:::.............. COMENTÁRIOS ..............:::