VIDEO: Após bater em cachorrinho da mãe, homem é multado em R$ 3 mil pela Ambiental

3084

De posse de um vídeo que circula em redes sociais de Presidente Prudente, e de uma denúncia a Polícia Militar Ambiental multou um homem de 41 anos que agrediu o cachorro de sua própria mãe, em R$ 3 mil por maus-tratos.

O crime aconteceu em uma casa no Jardim Everest. Apesar do vídeo estar circulando há quase dois dias, o caso foi registrado pela Polícia Militar Ambiental somente nesta quarta-feira, 26 de janeiro.

No video o suspeito aparece batendo em seu cachorro com uma garrafa pet.

No local, a equipe fez contato com o envolvido, que declarou que o cão pertence à mãe dele. A mulher estava viajando e, por conta disso, ele estava tomando conta do animal.

O suspeito também alegou aos policiais que o cachorro não estava habituado a conviver com seus outros animais em seu quintal e, por esse motivo, fugiu diversas vezes da casa.

O homem ainda disse que desferiu golpes com a garrafa pet vazia contra o chão e não atingiu o animal, que o ato praticado era apenas para educar o cão, para que ele não fugisse, pois tinha medo de que durante a fuga o cachorro fosse atropelado por algum veículo na rua.

Conforme a polícia, diante dos fatos e em posse dos vídeos, foi elaborado em desfavor do envolvido um auto de infração ambiental no valor de R$ 3 mil pela prática de ato de maus-tratos contra animal doméstico. O animal foi apreendido e ficou sob a responsabilidade da proprietária.

A Polícia Civil enquadrou a ocorrência no crime de maus-tratos a animal doméstico, previsto no artigo 32, da lei 9.605/98, e vai apurar o caso.

A lei estipula para esse tipo de crime uma pena de detenção, de três meses a um ano, e multa.

O homem suspeito vai responder em liberdade.

ASSISTA AO VÍDEO:

:::.............. COMENTÁRIOS ..............:::