Prudente iniciou vacinação contra Covid em criança de 5 a 11 anos com comorbidades

56

A Secretaria Municipal de Saúde de Presidente Prudente (Sesau), nesta segunda-feira (17/01), iniciou a vacinação contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos com comorbidades, deficiências, indígenas e quilombolas, conforme a orientação do Ministério da Saúde. A primeira prudentina imunizada com a dose pediátrica foi Julia Goi Carvalho, de seis anos, nascida em 17 de abril de 2015, que possui Síndrome de Down.

A pequena Julia compareceu à UBS do Jardim Vila Real acompanhada pela mãe, Beatriz Eleutério Goi Carvalho. “A proteção que a ciência está nos garantindo é um grande alívio, tanto para eles e quanto pra nós. Não pensei duas vezes em trazê-la logo no primeiro dia.Vacina sim!”, enfatizou a mãe.

Na sequência, receberam o imunizante Laura Brasileiro Segantin, de oito anos, e Raphael Barboza Navarro, de sete anos, ambos também com Síndrome de Down.

Para atender este primeiro grupo, o município recebeu 990 doses, que será suficiente para atender 27%das crianças com comorbidades e 30% com deficiência, conforme dados do Governo do Estado.

A coordenadora técnica da VEM, Vânia Maria Alves, mencionou sobre a divisão em turnos, anunciada na manhã desta segunda (17). “Iniciamos no período da tarde, mas, a partir de amanhã, as crianças serão vacinadas das 7h30 às 12h, com o objetivo de garantir mais segurança ao processo de vacinação. Lembrando que nesta primeira etapa serão contempladas crianças com comorbidades e deficiência, comprovadas mediante prescrição médica”, explicou Vânia.

O secretário adjunto da Sesau, Marco Aurélio Lúcio, ressaltou a importância da vacinação e dos bons índices alcançados até o momento. “Um dia muito importante para nós. Prudente é uma das cidades com maior índice de vacinação no Estado, com mais de 93% da população imunizada, e esperamos que as famílias tragam as crianças pra que a gente continue avançando na luta contra a Covid”.

Conforme os dados levantados na sexta-feira (14/01), o vacinômetro aponta 188.831 prudentinos com a segunda dose ou o imunizante de dose única, que representa 96% da população vacinável até 12 anos. Já a dose adicional foi administrada em 68.056 pessoas.

:::.............. COMENTÁRIOS ..............:::