Chineses criam dispositivo que simula beijo à distância

578

 

Uma boa notícia para quem namora ou paquera à distância. Um instituto na China acaba de criar um dispositivo que simula um beijo. Em formato de uma boca e feito de silicone, o equipamento apresenta sensores de pressão e atuadores, capazes de replicarem um beijo verdadeiro. Eles até imitam a pressão dos lábios, os movimentos e a temperatura. Quem comprar também vai ter a opção de transmitir o som que faz quando beija outra pessoa.

Para enviar um beijo, os usuários precisam baixar um aplicativo para celular e conectar o dispositivo à porta de carregamento do telefone. Depois de emparelhar com seus parceiros no aplicativo, os casais podem iniciar uma videochamada e transmitir réplicas de seus beijos um ao outro. Preço por essa engenhoca? Aproximadamente R$ 215, no maior site de compras online da China, o Taobao.

Recém-chegado ao mercado, o dispositivo já atraiu vários adeptos. De acordo com o Global Times, estatal da China, a invenção foi patenteada pelo Instituto Vocacional de Tecnologia Mecatrônica de Changzhou e o nome do principal criador do simulador e Jiang Zhongli.Ele contou o que levou a pensar no projeto.”Na minha universidade, eu mantinha um relacionamento à distância com minha namorada, então só nos contávamos por telefone. Foi daí que surgiu a inspiração para este dispositivo.”

Apoio:


Embora anunciado para relacionamentos de longa distância, o dispositivo chinês também permite que os usuários formem pares na função “quadrado do beijo” do aplicativo e aí eles podem pedir para trocar beijos. Os usuários também vão ter a opção de “carregar” seus beijos para que outras pessoas baixem e experimentem o contato íntimo.

Fonte: Folha Press

COMENTÁRIOS