Carnaval sem aglomerações: Secult promove material sobre a história da folia prudentina

Ponto facultativo do Carnaval foi cancelado no início do mês pela Prefeitura

104
Divulgação Secult

Apesar do cancelamento do ponto facultativo de Carnaval, que ocorreria nos dias 15 e 16 de fevereiro, a data não passará em branco no município, de acordo com os planos da Secretaria de Cultura (Secult).

A fim de garantir uma celebração sem aglomerações, a Secult vem promovendo um material midiático sobre a história da folia prudentina.

As principais tradições da cidade serão resgatadas, por meio de entrevistas, vídeos e fotografias. Todo material será exposto nas mídias sociais da secretaria com o objetivo de rememorar o carnaval prudentino, enquanto a festa não pode ser realizada da maneira convencional, visto à Pandemia da Covid-19.

Carnaval X Covid-19

O cancelamento do ponto facultativo de Carnaval pelo Governo Municipal visa conter eventuais aglomerações na cidade, e logo, a disseminação da Covid-19.

Ainda de acordo com as informações da Prefeitura, não foi preciso decreto para o cancelamento, visto que o feriado de carnaval não está previsto no calendário municipal.

Apesar do cancelamento do ponto facultativo, a data ainda é vista como uma possível ameaça para a manutenção das medidas restritivas, inclusive, vale destacar que as denúncias de festas clandestinas na cidade estão subindo, de acordo com as informações divulgadas pela Prefeitura. Em menos de duas semanas, o canal online criado pela Secretaria Municipal de Tecnologia da Informação, já recebeu 120 manifestações.

Vale destacar, que mesmo estando na fase amarela de flexibilização da quarentena, o limite de pessoas reunidas em um único lugar ainda é restrito em Presidente Prudente. Em restaurantes e bares, por exemplo, só é permitida a ocupação de 40% do estabelecimento.

Já os eventos que geram aglomeração como festas e shows ainda continuam proibidos

:::.............. COMENTÁRIOS ..............:::