Centro de Zoonoses implanta 215 coleiras em cães no Monte Carlo e inicia bloqueio no Humberto Salvador

176

O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) de Presidente Prudente, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde, concluiu o trabalho de combate à LVC (Leishmaniose Visceral Canina) no Residencial Monte Carlo, com a implantação 215 coleiras repelentes em cães.

Com a conclusão do mutirão, as equipes iniciaram nesta quarta-feira (24/02) um novo bloqueio no Jardim Humberto Salvador. No local, não será fornecida coleira, mas será feito um trabalho de controle da leishmaniose, com bloqueio num raio de 200 metros no entorno da casa onde confirmou o caso positivo de LVC. A região percorrida fica entre os bairros Humberto Salvador e Augusto de Paula.

Conforme o gerente do CCZ, a respeito do balanço da ação concluída no Monte Carlo onde foram fornecidas 215 coleiras, que repelem o mosquito palha, transmissor da leishmaniose. Houve também o trabalho de casa em casa, com a coleta de amostra de sangue do animal para exames, vacinação contra raiva, além de orientações nas residências a respeito da limpeza dos quintais.

As ações ocorrem inicialmente nos bairros Residencial Monte Carlo e no Jardim Humberto Salvador, pois são bairros com maiores índices de LVC conforme últimos balanços.

De acordo com o gerente do CCZ, Ricardo Pisca, no Monte Carlo, os proprietários que não foram encontrados em casa, serão notificados para dentro de 20 dias para entrar em contato com o CCZ para realizar o agendamento do animal.

 

Fonte: Secretaria de Comunicação

:::.............. COMENTÁRIOS ..............:::