RONDÔNIA: Pecuarista e filho de 12 anos morrem em queda de avião

608

Um trágico acidente aéreo tirou a vida de dois membros de uma tradicional família de pecuaristas do Brasil neste sábado, 29 de julho, na cidade de Vilhena-RO. O piloto Garon Maia Filho, de 48 anos, e seu filho de 12 anos, que não teve o nome divulgado, estavam a bordo de um avião prefixo PR-ITE modelo Baron 58, que caiu em uma área de mata próxima ao rio Vermelho.

Segundo o Corpo de Bombeiros Militares de Vilhena e a Aeronáutica, o avião decolou do aeroporto Brigadeiro Camarão. No entanto, a aeronave sumiu dos radares cinco minutos após a decolagem e não chegou ao destino.

Uma equipe de busca e salvamento da Força Aérea Brasileira (FAB), foi acionada pelo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo e sobrevoou a região durante toda a noite, até localizar os destroços do avião na manhã deste domingo. A FAB informou que está apurando as causas do acidente.

Os corpos das vítimas foram liberados pelo IML no final da tarde de domingo (30) e levados para Campo Grande -MS em um voo particular. O sepultamento dos dois ocorreu nesta terça-feira, 01 de agosto no Cemitério Parque das Primaveras, na capital do Mato Grosso do Sul.

Apoio:


Fonte: Vilhena Notícias

COMENTÁRIOS