Jornalista Chagas Pereira, que atuou em Prudente, morre de Covid-19

176

O jornalista Chagas Pereira, 65 anos, morreu de Covid-19 no último domingo, 14 de fevereiro em Porto Velho – Rondônia. Ele era editor de política e economia do jornal Diário da Amazônia.

Ele iniciou a carreira como radialista e posteriormente iniciou suas atividades como jornalista da imprensa escrita. Ele morou alguns anos em Presidente Prudente e teve passagem pelo jornal Folha da Região.

Chagas estava internado há 32 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Campanha na capital rondoniense, onde nasceu, mas não resistiu e morreu na noite de domingo.

Chagas Pereira era editor de política e economia no jornal Diário da Amazônia, onde trabalhou cerca de cinco anos. Mas, foi no rádio que o comunicador iniciou a carreira. Entre as funções exercidas por Chagas, está a de analista em Marketing Estratégico, Gestão Motivacional e Palestrante.

No extinto jornal ‘O Estadão do Norte’, o jornalista atuou por 14 anos. Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte do jornalista.

:::.............. COMENTÁRIOS ..............:::